Diário de uma Busca.


21/01/2009


Carta a uma amiga

Gente!!! Quando tempo sem postar um texto realmente, estava com saudades. Mas, agora vou voltar de verdade, é uma das promessas de ano novo... rsrsr... Então, segue uma carta escrita para uma amiga depois de uma longa conversa no MSN no dia anterior. Obrigada Vivi, pela fonte de inspiração que são as nossas conversas. E obrigada a todos os meus blogamigos, que graça teria escrever um blog para ninguém ler ou comentar??? Um Abraço,


 

 

Sabe Vivi, hoje eu rezei, rezei muito, pedi a Deus para me dar forças para que eu consiga ser uma pessoa melhor, porque eu sei que isso fará bem a mim e aos que convivem comigo e não estou sendo egoísta ao pedir isso, pois acredito que quando nós fazemos algo de bom ainda que por nós mesmos geramos no mundo mais bondade, assim como quando cometemos um ato violento, ajudamos a gerar mais violência no mundo. Nós nem sempre sabemos, mas tem pessoas que se inspiram em nós e nos tem como exemplo, então, nos cabe avaliar que exemplos queremos passar.

Sabe amiga, hoje eu acordei bastante disposta e pedi a Deus para acordar todos os dias assim, não por tristeza como hoje, não para trabalhar e me esforçar porque assim parece diminuir a dor que está doendo aqui dentro, mas sim por alegria, alegria de viver. Porque, amiga, vou confessar uma coisa, as vezes eu tenho preguiça de viver e isso é muito ruim. Quando se tem preguiça de viver não nos resta mais nada. Quando se tem preguiça de viver nem de morrer se tem vontade, porque até pensar em si matar cansa.

Ah! Vivi, eu cansei de sofrer sabe, eu sei que eu mesma crio este sofrimento, mas quando a gente está muito acostumada a pensar de uma forma é difícil mudar. Eu fui criada, mal criada por sinal, cheia de vontade, não, eu não estou aqui querendo culpar meus pais ou minha família por nada não, mas é que a gente se acostuma sabe, se mal acostuma a ter tudo na mão, tudo do jeito que a gente quer e a vida é cruel com é assim.

Eu sei Vi, eu reclamo muito, falo demais e não faço nada para mudar as coisas. E, justamente, por ter consciência disso, eu agradeci a Deus, amiga, por ter um corpo e uma mente sadios, conscientes e uma vida cheia de possibilidades para fazer diferente. Agradeci também pelos familiares, amigos e todos ao redor, pois sei que me ajudam muito nesta caminhada.

Não Vi, eu não estou tentando mais ser perfeita, e só estou tentando ser feliz!

 

 Imcompreendida

10/01/2009

Escrito por INCOMPREENDIDA às 01h14
[ ] [ envie esta mensagem ]
 

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, SALVADOR, Rio Vermelho, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Italian, Livros, Música
MSN - fauinlove@hotmail.com

Histórico